22-11-2018

Empresas de Famalicão apresentam novidades da robótica na EMAF

Os mais recentes projetos de automatização e robotização industrial estão a ser apresentados na EMAF por empresas de Vila Nova de Famalicão. A Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços abriu portas esta quarta-feira, 21 de novembro, na Exponor, em Leça da Palmeira, e regista uma representação famalicense de 15 empresas, que ontem receberam a visita de Augusto Lima, vereador da Câmara de Famalicão com o pelouro da Economia, Empreendedorismo e Inovação.

AWT Metal, AMOB, Xtools, A Eléctrica, Afipre, ESI, Jomarca, Fábrica Metalúrgica da Gandra, Morimac, Cutmaq, Tectoma, Surtec, Metalotrofa, RectiPinheiro e Ventasel são o bom testemunho da importância cada vez mais crescente da indústria metalúrgica e metalomecânica na economia do concelho.

De acordo com o último Anuário Estatístico Regional do INE, referente a 2016, as 283 empresas famalicenses do sector tinham 2450 pessoas ao serviço e registaram um volume de negócios de 246 milhões de euros. As exportações foram de 151 milhões de euros e o Valor Acrescentado Bruto foi de 75 milhões de euros.

No stand da ESI na EMAF estão cinco robôs, que resultam de projetos de investigação e desenvolvimento da empresa, a fazer demonstrações das suas habilidades na automatização de processos industriais. Um desses robôs irá realizar in loco todos os procedimentos para a modelação de uma peça de alumínio, com o apoio de uma quinadora e de um equipamento de gravação a lazer, que resultará num porta-canetas a distribuir ao público.

Este projeto demorou quatro meses a ser desenvolvido e já assegurou um cliente industrial. A empresa vai também apresentar um robô de controlo numérico computorizado que irá criar peças ao vivo.

Gil Sousa, diretor comercial da ESI, sublinha que “estas inovações não visam substituir a mão-de-obra humana, antes libertá-la para funções mais nobres e seguras”. E acrescenta: “A automatização de determinados processos garante uma maior velocidade de produção, maior segurança e maiores níveis de produtividade”.

Também a AMOB está a atrair atenções com a apresentação de uma curvadora de tubos CNC direita/esquerda totalmente elétrica. “Esta nova máquina possui tecnologia de curvatura de última geração, processando tubos de 10 mm até 42 mm de diâmetro externo, e possui capacidade de multi-stack”, explica Ricardo Rodrigues, responsável pela área de marketing digital da AMOB.

A máquina assume dois conceitos diferentes: eMOB 2Bend Series, que mudam a direção de curvatura por meio de uma cabeça rotativa, e Série eMOB LR, que se posiciona automaticamente e em ciclo numa configuração de curvatura direita e esquerda. “Pode curvar raios fixos e variáveis dentro do mesmo ciclo. Um booster permite ainda curvaturas com raios tão apertados como 1D e, consequentemente, elimina as marcas de aperto”, enfatiza.

A EMAF decorre até sábado com a presença de 450 expositores. A feira tem ganho visibilidade internacional, contando com participantes de Espanha, França, Alemanha e Itália.

Partilhar ››

‹ VOLTAR