26-09-2018

Famalicão debate economia circular para abrir novos horizontes para a indústria

A economia circular está na ordem do dia como o grande e necessário desafio para um futuro mais sustentável do planeta e Vila Nova de Famalicão, enquanto uma das referência industriais de Portugal, quer falar sobre o assunto para ajudar a traçar as novas fronteiras para a indústria. É isso que vai acontecer na Conferência Famalicão Circular que se realiza no próximo dia 16 de outubro, na Fundação Cupertino de Miranda, organizada pela Câmara Municipal no âmbito do projeto Famalicão Made IN e no enquadramento da realização do Festival Famalicão Visão 25.

De participação gratuita, mas sujeita a inscrição obrigatória, a iniciativa conta com um painel de conferencistas nacionais e internacionais que têm vindo a trabalhar e a desenvolver novas sinergias industriais e a redesenhar ciclos de produção alternativos que perspetivam uma mudança de paradigma para a indústria com benefícios para a economia, o ambiente e a sociedade.

A conferência está particularmente centrada em três dos temas basilares para as indústrias famalicenses: o têxtil; a água; e os novos modelos de negócio e novos empregos, e abre com uma comunicação da Secretária de Estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann, sobre inovação e financiamento. Confirmada está também a presença da investigadora e designer internacional Anne Prahl, que tem gerado novos e inovadores conceitos para a indústria têxtil e do vestuário, sobretudo no âmbito do design e da sustentabilidade, trabalhando para grandes marcas internacionais como a Nike, Speedo, WGSN, Ellesse, Puma, Marks & Spencer, Animal, Topshop e Esprit.



INSCRIÇÕES E PROGRAMA

Partilhar ››

‹ VOLTAR