pedido contacto

Menu

Notícias

21-01-2015

Têxtil exportou 4,6 mil ME em 2014, Galiza foi um dos principais clientes

O valor das exportações portuguesas no setor têxtil e do vestuário ascendeu, em 2014, a 4,6 mil milhões de euros, tendo a Galiza sido um dos principais clientes, com compras avaliadas em mais de mil milhões de euros.

LER MAIS ›

16-01-2015

Incubadora Famalicão Made IN nasce no berço de ouro da Riopele

Uma incubadora única que tem o privilégio de nascer num berço de ouro, com um ambiente empresarial carregado de história e saber acumulado. É desta forma que o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão se refere à incubadora de projetos empresariais com a chancela Made IN que em maio vai nascer na Riopele.

LER MAIS ›

13-01-2015

Câmara de Famalicão abre candidaturas para Projetos Made 2IN

Já entrou em vigor o novo Regulamento de Projetos de Investimento de Interesse Municipal de Vila Nova de Famalicão que confere condições excecionais às iniciativas empresariais reconhecidas pelo município como Projetos Made 2IN.

LER MAIS ›

09-01-2015

Famalicão quer marcar o futuro com setores têxtil e agroalimentar a servirem de locomotiva

Vila Nova de Famalicão quer reforçar o seu posicionamento como epicentro regional de base altamente tecnológica e inovadora na área do têxtil e do vestuário, e colocar-se no mesmo patamar ao nível do setor agroalimentar.

LER MAIS ›

31-12-2014

Acontecimentos que marcaram Famalicão em 2014

Em 2014 Vila Nova de Famalicão teve motivos para sorrir. Da economia à cultura, passando pelas freguesias e pelo desporto, um pouco por todo o concelho viveu-se a dinâmica das políticas do executivo municipal com uma liderança de Paulo Cunha fortemente marcada pela proximidade, pela ambição e pelo realismo.

LER MAIS ›

23-12-2014

Exportações continuam a crescer em Famalicão

As empresas de Famalicão exportaram em 2013 mais 5% do que no ano anterior, registando um aumento de exportações superior à média nacional (4,4%) e significativamente superior à média da zona Norte (2%).

LER MAIS ›